6 dicas de segurança simples para todos os usuários do Windows 10

Adotar métodos de segurança para proteger o seu Windows 10 não precisa ser necessariamente complicado. Com uma leitura rápida, você pode habilitar alguns recursos básicos de segurança para o seu sistema e desativar outros que podem ser mais chatos, sem comprometer seu computador.

Veja a seguir 6 dicas de segurança que todo usuário de Windows 10 deveria adotar:

1. Crie seu ponto de salvamento (restauração do sistema)

A primeira coisa que você deve fazer com um Windows 10 é habilitar a restauração do sistema. Imagine isso como um “ponto de salvamento” para a sua máquina: se as coisas derem errado enquanto você tenta configurar sua máquina, você pode voltar para esse estágio inicial e começar de novo. A função vem desativada no Windows 10; ou seja, é necessário ativá-la manualmente seguindo estas etapas:

    Na caixa de pesquisa da Windows busque por "Criar ponto de restauração”;
    Selecione o painel de controle;
    Quando a caixa das Propriedades do Sistema aparecer, clique na aba de Proteção de Sistema;
    Selecione a unidade em que o Windows está instalado. Para a maioria das pessoas, esse será o C drive;
    Clique em configurações;
    Clique em “Ativar a proteção do sistema” e depois em OK.

 A partir de agora, você pode sempre voltar para a caixa de propriedade do sistema e clicar em “Restauração do Sistema” para traze-lo para o momento em que criou o ponto de salvamento.
2. "Mate" os bloatwares

Uma das coisas mais desagradáveis em ter uma máquina com o Windows 10 é que ela nunca é realmente nova. Afinal, mesmo que você compre da fábrica, a Microsoft e o fabricante provavelmente terão enchido a máquina com Bloatwares, programas disfuncionais, indesejáveis ou versões de teste que irão tomar espaço disponível no computador, diminuirem a vida útil da bateria e eventualmente se tornarem ‘vulneráveis’.

Para acabar com esses aplicativos:

    Vá para o início, a seguir em configurações e depois em Aplicativos;
    Você deverá prestar atenção em todos os seus aplicativos instalados na seção de Apps & Recursos;
    Clique com o lado direito do mouse em cima do aplicativo que deseja desinstalar e selecione a opção; simples assim.

3. Orientações iniciais para o seu software

Agora que você controlou um pouco dos bloatwares, convêm proteger seus outros programas e drivers, garantindo que eles estejam sempre atualizados. Fazer isso elimina o risco de infecções por vírus e malwares. A maneira mais fácil de fazer isso é baixando o Atualização para Assistente do Windows e seguir os seguintes passo.

Se você teve algum problema com o processo automático existem algumas opções:

    Vá para o Início e depois para Configurações;
    Selecione Atualizações & Segurança e depois em Atualizações do Windows.

4. Crie uma conta local

Por padrão, fazer login no Windows 10 significa usar sua conta da Microsoft e um recurso como esse faz com que todas as alterações feitas enquanto estiver na nova máquina sejam sincronizadas automaticamente em todos os outros dispositivos conectados.

Apesar de parecer um recurso conveniente, a função pode comprometer vários dispositivos caso algo (ou alguém) afete sua conta da Microsoft. Portanto, crie uma conta única para você usar na sua máquina com o Windows 10:

    Vá para o Início e depois em Configurações;
    Clique em contas, em seguida em ‘seu e-mail e contas’ na coluna do lado esquerdo;
    Clique no link que diz: logue em uma conta local;
    Insira uma senha que você normalmente usa para logar na sua conta da Microsoft e depois em próximo;
    Crie um usuário, senha e uma dica de senha, depois do processo clique em próximo;
    Faça Log-out e encerre.

5. Desative o monitoramento de localização e de privacidade

O Windows 10 automaticamente monitora a sua localização e o seu comportamento para fins de marketing. Para desativar os dois recursos você pode seguir os passos a seguir:

    Vá para o Início e depois em Configurações;
    Clique em Privacidade, o ícone que parece um cadeado;
    Clique em Localização, em seguida desative de On para Off.

Para desativar as propagandas:

    Volte para a tela de privacidade em que você estava;
    Desligue as configurações que habilitam o uso de publicidade baseado nos aplicativos.

6. Ative o seu firewall e antivírus

Se você usa o Windows por um tempo, já deve conhecer o Centro de Segurança do Windows Defender, que é um bom primeiro passo para monitorar a saúde do seu computador, mas que, sozinho, não é suficiente. Uma camada de segurança já está construída no Windows 10 e você deve aproveitar isso e habilitar firewall e antivírus. Siga o passo a passo abaixo

    Volte para o Painel de Controle e depois em Sistemas e Segurança;
    Clique em Windows Defender Firewall e então, clique em ligar Windows Defender Firewall ou desativa-lo;
    Clique no botão que diz Ligar o Windows Defender Firewall nas configurações de rede pública e rede privada;
    Marque a caixa que diz “Me notofique quando o Windows Defender Firewall bloquear algum aplicativo”.

Links Úteis







Agenda Tributária

  • 18/Novembro/2019
  • INSS | Previdência Social
saiba mais

Cotações e Índices

Moedas - 14/11/2019 17:22:43
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 4,186
  • 4,187
  • Paralelo
  • 4,130
  • 4,360
  • Turismo
  • 4,120
  • 4,370
  • Euro
  • 4,598
  • 4,599
  • Iene
  • 0,039
  • 0,039
  • Franco
  • 4,233
  • 4,232
  • Libra
  • 5,366
  • 5,368
  • Ouro
  • 196,700
  •  
Mensal - 23/09/2019
  • Índices
  • Jul
  • Ago
  • Inpc/Ibge
  • 0,10
  • 0,12
  • Ipc/Fipe
  • 0,14
  • 0,33
  • Ipc/Fgv
  • 0,31
  • 0,17
  • Igp-m/Fgv
  • 0,40
  • -0,67
  • Igp-di/Fgv
  • -0,01
  • -0,51
  • Selic
  • 0,53
  • 0,49
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,59
  • 0,59
  • TR
  • -
  • -
saiba mais
Contabras - Contabilidade e Auditoria

Rua Lisboa 391, Jardim América
CEP 05413-000 | São Paulo - SP
Fone: (11) 3062.2388


Desenvolvido pela TBrWeb
(XHTML / CSS)