Empreendedor: Como conseguir uma captação de recursos de longo prazo ideal

Ter um capital de giro para manter o negócio funcionando de maneira saudável ainda é um desafio para muitos gestores. Recorrentemente é necessário que se pense na captação de recursos de longo prazo para manter o negócio em crescimento no mercado.

Dentre os principais desafios para que um negócio consiga angariar recursos, está o de conseguir se destacar em meio à concorrência, atraindo a atenção dos investidores. Segundo Marcelo Viana, da T4 consultoria, a empresa precisa estar devidamente amparada por dados e informações que mostrem o quão preparada está para expandir no mercado:

“É preciso ter estrutura e contar com um bom projeto de captação de recursos, que mostre aos potenciais investidores que se trata de um negócio sustentável, em constante desenvolvimento e que frequentemente busca inovar”, acrescenta.

Captação de recursos de longo prazo – prática de empresas saudáveis

Quando o negócio tem como intuito a captação de recursos públicos precisa, antes de tudo, ter definido qual o objetivo da aplicação do investimento, o que deseja (inovação em tecnologia, expansão da empresa em território nacional, inovar em maquinário, etc.).

Viana esclarece que a busca constante do negócio por captar recursos de longo prazo é o que favorece a estabilização do capital de giro na empresa e a faz crescer, expandido as suas operações no mercado. Mas mesmo que os gestores reconheçam a importância da busca por investimentos, desconhecem as estratégias para consegui-los.

“É preciso que o negócio submeta o projeto de captação de recursos. Esse projeto basicamente é um documento que será apresentado diante dos investidores, precisa ser muito bem realizado e todos os pontos indispensáveis precisam estar presentes na estrutura dessa apresentação”, explica.

Segundo Viana, há alguns itens indispensáveis em um projeto de captação de recursos como:

  •     É preciso que os objetivos propostos no projeto estejam bem claros;
  •     As metas, atividades e indicadores de execução precisam estar bem definidos e ter uma linha de coerência;
  •     O projeto deve demonstrar de forma clara e técnica, a capacidade de pagamento da linha de crédito
  •     É preciso relacionar a equipe do negócio com as atividades e metas descritas no documento;
  •     Informações sobre a necessidade da contratação de serviços terceirizados precisam estar bem claras no projeto;
  •     O negócio precisa se atentar para que não solicite recursos que não sejam financiáveis segundo o edital;
  •     É preciso que todas as informações sobre viabilidade econômica e financeira do projeto ou dos documentos obrigatórios estejam completas;

    Toda a documentação solicitada deve ser enviada.

Entenda como encontrar as linhas de fomento para investimento no negócio

Antes de partir para a captação de recursos de longo prazo é fundamental que se pesquise muito bem para conhecer todas as opções disponíveis, algumas agências como é o caso do BNDES (O banco nacional do desenvolvimento) e do FINEP (Financiadora de Inovação e Pesquisa), por exemplo, permitem que a empresa faça a busca e encontre as opções mais indicadas para o seu projeto. Além do BNDES, existe outros bancos públicos, com o objetivo de financiar e incentivar o desenvolvimento de empresas e o social, como BNB – Banco do Nordeste, BASA –  Banco da Amazônia S/A, Desenvolve SP e outros.

“Uma boa fonte de informações também costuma ser as associações e organizações que sejam ligadas à área de atuação do negócio”, orienta o consultor.

Pontos a serem levados em conta no momento de captar recursos de longo prazo

Primeiramente é preciso entender qual é o perfil da empresa e quais áreas necessitam de investimento, exemplo: será necessário desenvolver a parte tecnológica na empresa seja com a finalidade de industrializá-la ou para a comercialização?

Viana alerta que há outros questionamentos básicos, mas essenciais que o gestor precisa fazer, como saber exatamente de quanto precisa para investir no negócio, e claro, se o negócio está em condições para arcar com o financiamento de longo prazo.

“Apresentar equilíbrio financeiro é indispensável, o que se leva em conta no momento da aprovação do projeto de captação de recursos de longo prazo é a reputação do negócio e se está em uma constante fase de desenvolvimento no mercado”, acrescenta.

Outra questão importante em torno da captação de  recursos de longo prazo é que o negócio precisa estar em uma fase de constante avanço, demonstrando experiência e solidez no mercado. Empresas que adotam práticas de governança corporativa, por exemplo, são vistas positivamente pelos agentes financeiros de bancos públicos.

“Ao mensurar o estágio atual em que o negócio se encontra, pode-se então definir de maneira estratégica o quanto de investimento será necessário para o avanço das operações”, conclui.

Fonte: Jornal Contábil - 04/11/2019

Links Úteis







Agenda Tributária

  • 10/Dezembro/2019
  • Comprovante de Juros sobre o Capital Próprio-PJ.
  • IPI | Imposto sobre Produtos Industrializados.
  • Envio da Guia da Previdência Social aos Sindicatos.
saiba mais

Cotações e Índices

Moedas - 09/12/2019 16:09:40
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 4,133
  • 4,134
  • Paralelo
  • 4,110
  • 4,350
  • Turismo
  • 3,970
  • 4,300
  • Euro
  • 4,572
  • 4,573
  • Iene
  • 0,038
  • 0,038
  • Franco
  • 4,183
  • 4,184
  • Libra
  • 5,437
  • 5,439
  • Ouro
  • 196,320
  •  
Mensal - 03/12/2019
  • Índices
  • Set
  • Out
  • Inpc/Ibge
  • -0,05
  • 0,04
  • Ipc/Fipe
  • -
  • 0,16
  • Ipc/Fgv
  • -
  • -0,09
  • Igp-m/Fgv
  • -0,01
  • 0,68
  • Igp-di/Fgv
  • 0,50
  • 0,55
  • Selic
  • 0,46
  • 0,48
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,59
  • 0,59
  • TR
  • -
  • -
saiba mais
Contabras - Contabilidade e Auditoria

Rua Lisboa 391, Jardim América
CEP 05413-000 | São Paulo - SP
Fone: (11) 3062.2388


Desenvolvido pela TBrWeb
(XHTML / CSS)